Imagem capa - Você já ouviu falar em
Fotografia InfantilFotografia de Família

Você já ouviu falar em "Terrible Two"?

Quem tem filhos ou está aguardando a chegada de um bebê já deve ter ouvido falar na expressão "Terrible Two", ou, em tradução livre, "Terrível Dois", que fala sobre a idade de dois anos das crianças. Muitos já ouviram falar sobre essa fase e deixa muitos pais de primeira viagem de cabelos em pé. Mas e aí? Isso existe mesmo? Sim, existe.


Segundo a neuropsicóloga Elaine Magalhães, nessa fase dos dois anos ou quase dois ou até quase três é assim mais complicadinha porque a criança tem um salto de desenvolvimento e ela nos falou coisas muito interessantes sobre esse assunto e momento, olha só: "Pode notar que é a fase que a maioria das crianças começa a falar, a andar, correr... principalmente a se comunicar mesmo. A partir disso, as crianças vão "montando" sua maneira de ser e de agir, construindo suas características, preferências... Elas estão com milhares de sinapses, estão aprendendo tudo! Tudo para elas é um estímulo, então qualquer ambiente se torna um ambiente de aprendizado e, consequentemente, as crianças vão aprendendo a corresponder. Como ainda não conseguem expressar tudo pela linguagem, os pequenos arrumam a maneirinha deles: chorando, gritando, chutando... E eles vão percebendo se são efetivas ou não e está aí a hora de dizer não, explicar o porquê de tal coisa, explicar os motivos daqueles nãos."


A Elaine diz ainda que não adianta colocar de castigo porque eles ficam atordoados de tanta informação, por isso é natural que seja uma fase mais angustiante, afinal, nos comunicamos principalmente pela linguagem e ela é muito complexa e eles ainda têm um vocabulário pequeno. Por isso tendem a ficar mais irritadinhos. Mas a neuropsicóloga completa: "Nada que uma rotina bem alinhada de sono e alimentação não organize um pouco isso tudo. E também a paciência e o conhecimento dos pais frente a isso."


Vemos muitos pais e mães preocupados com essa fase, pulando momentos por não saberem como eles irão reagir. Um ensaio fotográfico que era só da criança e que virou da família, um fotógrafo contratado para fotografar o aniversário de 2 ou 3 anos e que os pais repensam mil vezes porque pode ser que tudo corra bem como pode ser que a criança se irrite, chore... É claro que uma dose extra de paciência dos pais será necessária, afinal, nós adultos pensamos e planejamos as coisas e muitas vezes se saem do script a gente fica frustrado. A nossa dica para ensaios com crianças dessa idade é: ensaios curtos, lúdicos e divertidos. Inserir atividades que eles gostem, brincadeiras e poucas poses fazem toda a diferença. A criança quer brincar, se divertir, de repente aquela foto do aniversário posada com todos os convidados não será possível, mas que tal fotos dos convidados com os pais na mesa dos doces para ter a lembrança e fotos alegres e espontâneas da criança brincando no pula-pula ou piscina de bolinha ou, enfim, no seu brinquedo favorito?


Entrar no mundo deles e tentar conversar faz toda a diferença. Se a criança ficar tímida com você e você já chegar tirando a câmera, dificilmente funcionará. Converse, brinque, mostre o seu equipamento, peça ajuda dela para tirar uma foto dos pais, mostre a foto no LCD, deite e role. Fazer do ensaio uma brincadeira para esses pequenos que estão deixando de ser um bebê para serem crianças é essencial para o sucesso em tudo, para você como fotógrafo ou para você como pai ou mãe que querem ter um registro lindo dessa fase tão estimulante para a criança.

Psicóloga e Neuropsicóloga Elaine Magalhães: SITE - FACEBOOK - INSTAGRAM

Texto: Pamela Machado/Chroma Fotografia & Elaine Magalhães/Aurora Mater
Fotos: Israel de Oliveira/Chroma Fotografia & Pamela Machado/Chroma Fotografia