Imagem capa - Da T.I. para a Fotografia... por Chroma Fotografia
FotógrafoFotografia

Da T.I. para a Fotografia...

...ou como vim do Rio de Janeiro para Santa Catarina, haha.

Hoje o texto é comigo. Sou sempre o "mau encarado" que aparece nas fotos de equipe e, inclusive, muitas das fotos aqui do site da Chroma são minhas. Sou o Israel, carioca da gema e sou casado com a Pam.

Meu mundo sempre girou em torno de servidores de backup, DHCP e etc. Como podem ver, meu universo era a T.I. Sempre gostei da fotografia, mas a encarava como um hobby, jamais, em toda a minha vida, me imaginei vivendo exclusivamente de fotografia.

Conheci a Pamela por um fórum de fotografia: o famoso DigiForum. Ele já foi o maior fórum de fotografia da América Latina. E como sempre usamos Nikon (sim, somos do lado negro da força!), acabamos nos esbarrando pelas páginas de discussão do fórum. Nas idas e vindas que a vida dá, perdi o contato com a Pam e ficamos muitos anos sem nos falar, literalmente sumimos da vida um do outro.

Um belo dia, depois de muitos anos, recebo um e-mail dela. Nossa! Juro que nem acreditei que se tratava dela. Meu cérebro demorou a indexar a informação, haha.

Ela estava a caminho do Espírito Santo a trabalho e faria uma conexão na Cidade Maravilhosa (Rio de Janeiro). Claro, fui conhecê-la pessoalmente. Foi super divertido relembrar as várias conversas do fórum.

Começamos a namorar e ela ia mensalmente ao Rio de Janeiro, para trabalhar e para nos vermos. Comecei a acompanhá-la nos trabalhos e comecei a viver realmente o universo da fotografia, mesmo que ainda trabalhasse com T.I., mas conseguia começar a entender o que era e como era viver da fotografia.

Noivamos e casamos. Abandonei a vida louca de T.I. e migrei para uma mais louca ainda que é a fotografia.

Hoje tentamos manter uma rotina, mas é inevitável ter que fugir dela às vezes e digo isso como uma coisa boa. Pois tem semanas que passamos editando, semanas que vamos de um lado para o outro e nada, na verdade, é uma rotina de verdade. Eu costumo brincar que "estou de férias", porque apesar de ser trabalho, é tão bom, já que geralmente ligamos a palavra "trabalho" com algo não tão bom assim. Ou seja, estou de "férias" trabalhando com algo muito legal desde 2015, quando passei a me dedicar e a viver exclusivamente da fotografia.

Confesso que amo minha profissão atual! Ter a oportunidade de conhecer novos lugares, novas pessoas, participar da história delas, é algo realmente incrível.

Fotos: Patricia Weber/WS Fotografias, acervo pessoal de Israel de Oliveira e Pamela Machado/Chroma Fotografia
Texto por Israel de Oliveira, fotógrafo da Chroma Fotografia desde 2014, fotografando pessoas e seus sonhos e fotógrafo exclusivo da Chroma para fotografia de produtos.